Hortela

 

hortela

Hortela, tambem conhecida como meta , e originaria da Europa
é uma erva perene, de 30 a 40 cm de altura, com folhas que possuem aroma forte e característico. Tem grande importância medicinal e social, por sua alçao contra microparasitas intestinais, recentemente descoberta. Há muitas espécies de hortelã parecidas, dificultando a escolha da planta certa para fins medicinais, exigindo a obtenção dasmudas em locais de confiança.
Desde a mais remota antiguidade, essa e outras plantas são utilizadas como condimento em massas e carnes, bem como para fins medicinais.
Suas principais caracteristicas – espasmolítica (reduz contrações musculares involuntárias), antivomitiva (evita vômitos), carminativa (eliminador de gases intestinais), estomáquica (favorece a digestão), e anti-helmíntica (elimina vermes intestinais), por via oral, bem como anti-séptica (contenção de microrganismos) e anti-prurido (redução da coceira), por via local
A menta tem um dos sabores mais populares do mundo, é ao mesmo tempo refrescante e ardida, quente, com uma fragrância adocicada. Nativa do sul da Europa e mediterrâneo, a menta faclmente se adaptou ao clima temperado. Seus variados tipos se misturam facilmente, levando a confusões sobre nomenclatura, mas para a culinária elas podem dividir-se em apenas dois grandes grupos: “spearmint” (menta) e “peppermint” (hortelã).

Aqui em casa eu adoro usar a menta e principalmente hortelã durante o verão, já que sua refrescância é incrível. Mas andei descobrindo que um chá quentinho de hortelã também faz maravilhas com o nosso humor e digestão.

Partes utilizadas:

Folhas secas e frescas. Flores eventualmetne nas saladas.

Como comprar e armazenar:

Maços frescos de hortelã são facilmente encontrados em feiras livres e supermercados. A versão orgânica também é relativamente comum. Quando guardadas em um peqeuno vaso com água, à temperatura ambiente ou na geladeira, a hortelã e menta duram tranquilamene dois dias com todo seu frescor.

As folhas podem ser picadas e congeladas, armazenadas em peqeunos recipientes ou ainda misturadas a água e/ou um bom óleo, podem ser congeladas em forminhas de gelo. Eu particuarmente prefiro smepre as ervas frescas, tenho a impressão de que ervas congeladas nunca preservam 100% do seu sabor e perfume, porém essa é uma solução prática para quem tem menos tempo disponível.

A hortelã e a menta podem ser secas facilmente. Colha antes de florada e amarre um maço de ponta cabeça em um local arejado e seco, ou ainda coloque as folhas espalhadas numa assadeira e deixe-as no forno muito baixo, com a porta entreaberta, por diversas horas. Guarde as folhas secas em potes hermeticamente fechados.

Uso culinário:

Ervas frescas:

A culinária ocidental usa a menta para dar sabor a beringelas, cenouras, abobrinha, ervilhas, batatas e tomates. A menta e o hortelã vão muito bem com carne de frango, porco e vitela e o tradicional carneiro, seja como uma marinada, em forma de geléia, molho frio com azeite, etc. O molho “paloise” (um tipo de molho béarnaise feito com hortelã ao invés de losna – outra erva sobre a qual falarei em outra oportunidade) é um excelente acompanhamento para peixes e aves.

Na cultura árabe a hortelã é essencial para o famoso tabule e é parte importante do mezze, uma porção de ervas frescas, saladas e legumes. No Vietnã a hortelã ou menta são adicionadas em saladas ou a pratos que acompanhem os rolinhos primavera.

No Irã ela é servida com pepinos e iogurte, como numa sopa Os indiano usam muito em chutneys e raitas. Usam também para suavizar os temperos picantes de legumes e carnes.

Em partes da América do Sul a hortelã ou a menta são usadas em combinação com pimentas, salsinha e orégano para temperar pratos de cozimento lento. Os mexicanos usam uma peqeuna porção em bolinhos de carne.

A hortelã fresca fica deliciosa quando misturada a saladas de frutas. O sorvete de hortelã (que eu quero tentar preparar num futuro próximo) é tido como um dos mais saborosos e refrescantes.

Contra Indicado – não pode tomar o chá de hortelã: quem tem cálculos biliares, grávidas, mães em amamentação, bebês e crianças pequenas que ainda mamam.

Manjericão

Saiba Mais sobre o Manjericão

 

O manjericão originário da Ásia , é muito mais que sabor, é uma planta de fragrância marcante , e suas folhas são particularmente usadas como tempero na culinária, também e excelente para a saúde.
O manjericão popularmente é conhecido por diversos outros nomes: alfavaca, alfavaca-cheirosa, alfavaca-de-jardim, alfavaca-doce, alfavaca-d’américa, basilicão, basílico, erva-real, manjericão-branco, manjericão-de-folha-larga, manjericão-de-molho, manjericão-doce e manjericão-grande.

296373-Manjericão-Und.Para que possamos desfrutar das propriedades dessa maravilhosa planta é possível utilizá-la de diferentes formas: infusões, pomadas, cozimentos, tinturas, loções, xaropes, bálsamos, em pó, sabões, cremes, seco ou fresco (uso externo), ou como condimento em saladas, sopas, carnes, molhos e ensopados. Uma sugestão é colocá-lo dentro da garrafa de azeite de oliva, para que seja utilizado com qualquer alimento.

Conheça alguns benefícios do manjericão

• Diminui estados febris
• Eficaz na cura de laringite e faringite.
• Combate o cansaço, depressão, enxaqueca e insônia.
• Combate a falta de apetite, parasitas intestinais e dispepsias nervosas.
• Pode aumentar a secreção de leite em mulheres grávidas.
• Desinflama aftas e mamilos doloridos
• Eficaz na cura de laringite e faringite.
• Combate a acne.
• Tem propriedades analgésicas, antissépticas e cicatrizantes.
• Ativa o sistema imunológico.
• Trabalha contra inflamações ósseo articulares.
• É antiespasmódico (suprime a contração do tecido muscular liso, especialmente em órgãos tubulares), digestivo, diurético e carminativo (eficaz no controle de gases).
• Excelente para melhorar irritações cutâneas

Tabela Nutricional:

Manjericão (3 gramas); 7,58 calorias

Nutrientes Quantidade
Vitamina K 48 mcg
Ferro 1,28 mg
Cálcio 63,40 mg
Vitamina A 281,24 IU
Fibras 1,20 g
Magnésio 12,68 mg
Vitamina C 1,84 mg
Potássio 103 mg

Alecrim

 

Alecrim , A palavra “alecrim” vem das palavras latinas Ros (que significa “orvalho”) e Marinus (que significa “mar”). Erva de origem mediterrânea muito utilizado no preparo de carnes ,molhos e pães.
Estudos descobriram que os nossos antepassados não estavam errados em usá-lo medicinalmente. Conheça os benefícios para sua saúde:

Anticâncerigeno: O Alecrim contém carnosol que é um composto anti-câncerigeno. Estudos realizados demostraram eficácia contra o câncer de mama, câncer de próstata, câncer de cólon, leucemia e câncer de pele. Em um outro estudo com ratos, mostraram que o Alecrim ajudo na redução de agente cancerígeno em até 76% do tumores mamários.

Melhora a Memória: O Alecrim tem propriedades que aumentam a memória. Estudos realizados mostraram que o Alecrim contém a diterpina chamado ácido carnósico que tem propriedades neuro-protetoras que ajudam a proteger contra a doença de Alzheimer, bem como a perda de memória que acontece com o envelhecimento.

Melhora o Humor: O mesmo estudo que descobriu que o cheiro do Alecrim melhorou memoria das cobaia, também descobriu que seu humor melhorou significativamente em comparação com o grupo controle.

Ajuda nas crises de Enxaqueca: O Alecrim é um remédio natural para enxaqueca utilizado a séculos. Ferva um pouco de Alecrim em uma panela grande de água e coloque em uma tigela. Coloque uma toalha sobre a cabeça e inclinar-se sobre a panela para inalar o vapor por cerca de 10 minutos. A vaporização ajuda a diminuir as crises de enxaqueca e ainda melhora seu humor e sua memoria

SONY DSCAlívio de Dores: Ele não só ajuda a aliviar a dor da enxaqueca, mas o óleo essencial presente no Alecrim também pode ser aplicado para tratamento natural de artrite, dores musculares e dores nas articulações.

Anti-inflamatório: O Alecrim contém dois anti-inflamatórios poderosos, O ácido carnósico e o carnosol. Um estudo revelou que estes dois compostos inibiram a COX-2, uma enzima que provoca a dor e a inflamação no corpo. Eles também inibiu a produção de excesso de óxido nítrico, que também desempenha um papel importante no processo inflamatório.

Ajuda no Fortalecimento do Sistema imunológico: O Alecrim estimula o sistema imunológico, graças a suas propriedades antioxidantes, anti-inflamatórios, e as propriedades anti-cancerígenas.
Antibacterianas: Estudos descobriram que o Alecrim tem poderosas propriedades antibacterianas contra H. pylori (bactéria que causa úlceras de estômago) e estafilococos.

Ajuda deu sistema digestivo: O Alecrim é utilizado para tratar problemas digestivos, dores de estômago, prisão de ventre, Indigestão, e quase qualquer outro problema digestivo relacionado. .

Estimula o crescimento do Cabelo: Estudos inicias mostraram que o Alecrim podem estimular o crescimento do cabelo. O estudo descobriu que as pessoas com alopecia, uma doença que faz com que o cabelo caia, teve um significativo crescimento do cabelo depois de esfregar Alecrim, lavanda, Tomilho e madeira de cedro em seu couro cabeludo durante sete meses. No entanto, não é claro se isto foi o Alecrim ou outras ervas que provocou o crescimento da planta.

Melhora Circulação: O óleo de Alecrim é muitas vezes aplicado como um remédio natural para má circulação, embora não tenha havido estudos que provar esse efeito.

Diurético: O Alecrim é um diurético leve, o que significa que ele pode ajudar a se livrar do inchaço e retenção de água no organismo. Além disso, O Alecrim quando utilizado regularmente, pode ajudar no aumento do fluxo da urina e ajudar a função dos rins em níveis ideais para ajudar a se livrar do excesso de água no corpo.

Melhora sua Saúde Respiratória: O Alecrim é um ótimo remédio natural para problemas respiratórios. Ferver o Alecrim fresco e fazer inalação com os vapores da infusao da erva fresca alivia o congestionamento de resfriados, alergias e infecções resporatorias .

Desintoxicação do fígado: O Alecrim tem sido usado para tratar problemas de fígado por centenas de anos. Um estudo revelou que o extrato de rosmaninho reduziu cirrose em ratos que receberam tioacetamida, um composto tóxico que é tóxico para o fígado. Ele também impediu danos ao fígado a partir de tetracloreto em ratos e camundongos.

Cultivando ervas medicinais em sua Mini Horta, você consome seus produtos , sem agrotóxicos.

Alecrim

Alecrim crescendo em uma Mini Horta Garni